Limpador Facial

Limpador facial e outras formas de desobstruir os poros do rosto  Leave a comment

Limpador facial e outras formas de desobstruir os poros do rosto 

Limpador Facial
Foto de Anna Shvets no Pexels

Sabia que a limpeza é um dos passos mais importantes para garantir a saúde e a beleza da sua pele? Remover toda a sujeira com um limpador facial é o que deixa o seu rosto com o aspecto lisinho, macio e jovem. 

E, durante a quarentena, o que mais encontramos pelo Instagram são pessoas caprichando na rotina skincare com máscaras de argila, esfoliações caseiras, dicas de produtinhos para usar em casa e outros. 

No entanto, para ter os resultados esperados dessas máscaras, precisamos antes limpar a pele e desobstruir os poros. Também é importante que o processo seja delicado, afinal, a gente não quer agredir o tecido. 

Essa etapa de cuidados é tão importante que ganhou aliados, além do demaquilante e do sabão, temos até o limpador facial em forma de massageador facial, escova de limpeza e removedor de cravo elétrico. 

Quer descobrir mais? Vem com a gente! 

Limpador facial e a técnica Double Cleansing 

O limpador facial é um produtinho que auxilia na higienização da pele. Pode ser o sabonete ou gel de limpeza, um demaquilante para retirar a maquiagem, um óleo, um creme ou uma loção esfoliante. 

Se você combinar mais de um deles, os resultados são ainda mais eficientes. Por exemplo, o método coreano Double Cleansing — lavagem em duas etapas — se tornou atração no meio skincare e promete efeitos surpreendentes na pele. 

Trata-se de combinar dois produtos com texturas diferentes na limpeza facial. Veja como as etapas são divididas: 

1 – Limpeza com óleos

Sim, muita gente tem medo de usar óleos na pele, mas a grande verdade é que a prática já é campeã quando o assunto é deixar o rosto limpo e hidratado profundamente, tudo ao mesmo tempo!

O uso do óleo como um limpador facial é conhecido como Cleansing Oil e é recomendado por muitos dermatologistas, já que o óleo consegue se misturar às impurezas (partículas de poluição, maquiagem e até a oleosidade da própria pele) e dissolvê-las. 

Para isso, é preciso aplicar o produto com um algodão ou um disco mágico, massageando bem as áreas. É esse processo de massagem que criará a interação entre o óleo externo e as partículas internas que devem ser removidas. 

Cada tipo de pele tem necessidades específicas, ou seja, antes de usar um óleo no rosto, vá até o seu médico e peça a opinião dele. Existe muitas opções de limpadores faciais do tipo, dá uma olhada: 

  • Óleo de coco: anti-inflamatório, antibactericida e antifúngico;

  • Óleo de jojoba: altamente hidratante, combate a acne e o ressecamento;

  • Óleo de rícino: adstringente, ótimo para reduzir a proliferação bacteriana;

  • Óleo de girassol: antioxidante, anti-inflamatório, cicatrizante, hidratante e calmante;

  • Óleo de gerânio: antioxidante, anti-inflamatório, antisséptico e adstringente.

  • Óleo de hamamélis: adstringente, vasoprotetor, vasoconstritor, descongestionante, anti-oleosidade, anti-acne.  

Existem vários tipos de óleos vegetais. Converse com o seu médico e escolha aquele que for melhor para as necessidades da sua pele. Ah, também é válido usar dermocosméticos que tenham óleos em sua composição. 

2 – Limpeza com um sabonete ou gel facial 

Em seguida, lave o rosto com o seu sabonete ou gel facial de costume, enxaguando bem em água fria — usar água quente pode ressecar a pele e danificar as substâncias naturais responsáveis pela hidratação. 

Outro problema é surgimento da eczema, também conhecida como dermatite atópica, uma das doenças mais comuns do país, caracterizada pela presença de manchas vermelhas no corpo. 

No final, você sentirá a sua pele super limpa e macia. Além disso, pode ir dizendo adeus à sensação de pele “repuxando”: é o benefício da limpeza combinada com a hidratação dos óleos. 

Por fim, se possível, opte pelo uso da água filtrada, já que temos muitos resíduos e cloro na água. Uma dica é investir em filtros exclusivos para o chuveiro (que custam em torno de R$ 90), utilizar água mineral ou o soro fisiológico. 

Outras formas de fazer a limpeza da pele 

Limpador facial
Foto de Anna Shvets no Pexels

O limpador facial pode ser usado em todos os tipos de limpeza da pele, mas é importante ficar atento quanto à frequência de cada um: 

  • Lavagem diária: duas vezes ao dia; 
  • Esfoliação caseira: uma vez por semana; 
  • Extração de cravos: uma vez por mês. 

Os intervalos são necessários para que a pele descanse, evitando assim o efeito rebote (o retorno dos efeitos negativos, mesmo após finalizar o tratamento). É o que ocorre quando lavamos o rosto várias vezes ao dia. 

Isso porque ao lavar excessivamente a pele, retiramos a camada protetora natural de óleo, estimulando a produção de mais óleo para compensar o que foi perdido. Dessa forma, a oleosidade a acne se agravam. 

Também é importante lembrar que a extração de cravos deve ser feita por um profissional licenciado. É o que chamamos de “limpeza de pele” — sim, há diferença entre o “de” e o “da”. 

Como os comedões se estendem nas camadas mais profundas do tecido cutâneo, na hora que esprememos não os retiramos por completo e levamos mais sujeira para dentro dos poros. 

O resultado? Manchas e cicatrizes, além do aparecimento de um novo cravo (ou espinha) no local. 

Se você quer aliviar os cravos em casa, não precisa espremê-los, faça uma esfoliação leve toda semana e já sentirá a mudança. 

Conheça alguns produtinhos caseiros que podem te ajudar: 

Borra de café

O segredo está na cafeína, que estimula a circulação sanguínea e a regeneração celular da pele. Os benefícios vão desde o rejuvenescimento até o clareamento. 

Fubá com mel 

Enquanto a textura do fubá elimina as impurezas e as células mortas, o mel repara a nossa pele (pois possui própolis, ideal para a cicatrização). 

Açúcar mascavo

Possui propriedades umectantes e hidratantes, além de acelerar a renovação celular e ser ideal para tratamentos anti-idade. 

Gostou das dicas? Então você vai querer conhecer essas outras formas de manter sua pele limpa e hidratada. Confira: 

Passo a passo e receitas caseiras de esfoliação

Como se livrar das temidas espinhas e cravos

O que é o sérum e como inseri-lo na sua rotina de cuidados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SHOPPING CART

close