Rugas

Rugas: cuidados preventivos que fazem a diferença Leave a comment

Rugas: cuidados preventivos que fazem a diferença

Rugas

O aparecimento de rugas, linhas finas e linhas de expressão é um processo natural para todas as peles. É um sinal de que estamos produzindo menos colágeno e elastina, trazendo assim o envelhecimento. 

Mesmo sendo natural, conseguimos adiá-lo. É só seguir uma rotina de cuidados com a pele certinha. Quer aprender mais? Continue lendo o artigo! 

Começando pelo básico: tipos de rugas  

Bom, para começar, existem quatro tipos de rugas: rugas finas, profundas, gravitacionais e marcas de expressão. Todas estão diretamente ligadas à perda natural de colágeno e de elastina, que começa a cair aos 25 anos. 

1 – Rugas finas  

É um tipo mais superficial de ruga, com um aspecto quebradiço (é comum surgir a partir dos 30 anos). Os tratamentos mais comuns são peelings, lasers, luz pulsada e ácidos. Para que dê resultado, eles são combinados com o uso diário do protetor solar. 

2 – Rugas estáticas 

Também são causadas pela perda de sustentação da pele, costumam aparecer a partir dos 45 anos. Os sinais são mais intensos, podendo ser tratados com cosméticos firmadores ou lasers profundos, como o CO2 e o dual mode

3 – Rugas gravitacionais 

Essas já são comuns aos 60 anos em diante. São aquelas rugas caracterizadas pela sobra de pele, ocasionadas pela flacidez dos músculos. O problema é agravado em fumantes ou pela alta exposição aos raios solares. 

4 – Marcas de expressão 

Marcas ou linhas de expressão surgem pelos movimentos faciais cotidianos, como ao nos comunicarmos ou sorrirmos. Geralmente, atingem ao redor dos olhos (os chamados pés de galinha), boca (bigode chinês) e testa.

 Um dos tratamentos disponíveis é o que preenche rugas com a toxina botulínica ou com o ácido hialurônico — indicado para um processo de envelhecimento mais intenso, como de rugas profundas.  

Cuidados básicos para prevenir as rugas

1 – Um olho na alimentação, outro na hidratação  

O primeiro passo é entender que não basta recorrer aos cosméticos à base de colágeno, é preciso consumir alimentos com substâncias que estimulam a produção natural pelo nosso corpo. 

Como disse a nutricionista Andreza Dias, em entrevista ao Estadão

“São necessários outros nutrientes, como a vitamina C, que, além de participar da formação, previne a degradação do colágeno natural e tem ação antioxidante. O cobre, zinco, manganês e silício, também atuam como cofatores na formação do colágeno”.

Ela recomenda o consumo de carnes, peixes, gelatina, leite desnatado, oleaginosas (como castanhas e amendoins) e frutas cítricas — fontes naturais de vitamina C

Diariamente, beba dois litros de água, no mínimo. Nossa dica é deixar uma garrafinha com água fresca próximo da cama e no escritório, ao lado do computador. Dessa forma, não há perigo de você esquecer de se hidratar. 

Também é válido potencializar a hidratação com sucos ricos em antioxidantes (oh as frutas cítricas aqui!). 

2 – Confie no poder dos antioxidantes 

Os radicais livres são moléculas instáveis que danificam as células saudáveis da nossa pele e aceleram o envelhecimento. Além de produzidos durante o sono, há outros fatores que os estimulam: poluição, raios ultravioleta, tabagismo e álcool. 

Quando somos jovens, produzimos enzimas que destroem os radicais livres. Obviamente, essa capacidade reduz com o passar dos anos. 

É aí que os antioxidantes entram em ação, combatendo os radicais livres e deixando a pele livre do fotoenvelhecimento. Recomendamos a vitamina C ou a vitamina E — atenção para a concentração: inicie com um % baixo até que a pele acostume. 

Os antioxidantes podem ser usados em concentrações puras e líquidas, aplicadas direto na pele, ou em texturas fluídas e cremosas, misturadas com outros ativos em cremes, séruns e BB Creams. 

Outros bons antioxidantes que valem a pena comprar: 

  • Cafeína
  • Resveratrol
  • Niacinamida
  • Extrato de chá verde
  • Ácido Ferúlico 

3 – Filtro solar todos os dias 

Não tem como fugir: o protetor solar sempre será um método preventivo para qualquer tipo de problema de pele. É ele que nos protege dos efeitos danosos dos raios ultravioletas e da luz visível, emitida por telas e lâmpadas. 

Use diariamente, aplicando 30 minutos antes de se expor ao sol, até nos dias nublados ou dentro de casa. 

Se você não tem o costume de usar o filtro solar, com algumas semanas de uso já sentirá a pele com um aspecto mais saudável e hidratado. Rugas e linhas de expressão ficam menos evidentes, assim como os poros abertos

O Fator de Proteção Solar (FPS) precisa ter, no mínimo, 30 FPS. Também é uma boa opção usar protetores com cor ou outros produtos pigmentados: eles ajudam a disfarçar os sinais do envelhecimento, além de protegerem e hidratarem. 

4 – Limpe o rosto frequentemente 

O acúmulo de sujeira também acelera o envelhecimento da pele. Além disso, pode motivar a produção de radicais livres e a presença de micro-organismos na pele. Por isso, a deixe sempre limpa. 

Lave o rosto duas vezes ao dia com um sabonete ou gel de limpeza para o seu tipo de pele, depois aplique um creme anti-idade para a região dos olhos e um hidratante facial. Também é uma boa usar uma água termal ou um tônico. 

O uso de demaquilantes é bem-vindo na hora de retirar a maquiagem, podendo entrar como a primeira etapa de limpeza da pele. 

Tratamentos mais indicados para rugas

Existem tratamentos que ajudam quem já tem rugas em grau mais profundo, mas a maioria são focados no rosto. Por isso, é essencial que a prevenção comece cedo e contemple as áreas do pescoço, colo, mãos e braços. 

Conheça alguns dos mais indicados pelos esteticistas: 

  • Laser de CO2 fracionado
  • Peeling de diamante 
  • Peeling químico 
  • Luz pulsada
  • Radiofrequência 
  • Preenchimento com ácido hialurônico ou toxina botulínica 
  • Lifting 

Antes de optar por algum desses tratamentos, converse com o dermatologista para a avaliação do seu caso. Talvez, com cremes para rugas, o problema seja resolvido. 

Se você quer ter resultados mais aparentes, a gente recomenda o investimento em um bom 

sérum anti-rugas. Entenda melhor o poder desse produtinho mágico, com vários princípios ativos e uma textura que facilita a absorção: 

Porque inserir o sérum na sua rotina de autocuidado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SHOPPING CART

close